Interpretação das questões é ponto crítico para passar no Exame de Suficiência em Contabilidade

Share:

É muito comum ouvir as seguintes frases de alunos que fizeram a prova, “Eu entendi que eles queriam saber outra coisa nessa questão”; “Eu não entendi isso nessa questão”, “essa questão é confusa”, e assim tantas outras frases que resumem um problema comum: INTERPRETAÇÃO. Saber interpretar o que o avaliador está perguntado, muitas vezes, é 90% da resolução da questão. A interpretação sobre o que e como está sendo pedido na questão, tem relação com o grau de conhecimento teórico/prático do candidato, especialmente em se tratando de assunto tão técnico como é o caso. Quanto mais você conhece (na teoria e na prática principalmente) o assunto, mais fácil será o entendimento do que está sendo pedido, por exemplo, já vi vários alunos responderem o valor do CPV errado porque calcularam o valor baseado na quantidade produzida e não na quantidade vendida só porque o avaliador colocou essa informação (qtde produzida) no enunciado.

Minha sugestão: Leia as questões devagar, com muita calma e atenção, grife os dados que julgar mais importantes e risque aqueles que você sabe que não vão interferir no resultado. Muitos alunos lêem as questões com pressa, pois entendem que o tempo gasto na leitura vai prejudicar o tempo restante para a resolução, puro engano. Se você ler uma questão com calma e atenção, terá mais chance de entender claramente o que está sendo pedido e de acertar a resposta, além do que fará a questão em menos tempo, pense nisso.

Outra sugestão importante (talvez a mais importante), estude as questões das provas anteriores, refaça várias vezes cada uma delas, assim você estará se familiarizando com a forma como as questões são elaboradas, além de treinar a rapidez na resolução.

Como exemplo de interpretação de questões, estou disponibilizando abaixo, uma questão resolvida, que poderia ser respondida erroneamente só por equívoco na interpretação.

Esta questão faz parte da apostila que contém 164 questões resolvidas e comentadas dos últimos 06 Exames de Suficiência - CFC para Bacharel. (01/11; 02/11; 01/12; 02/12; 01/13 e 02/13)

São 284 páginas em formato PDF. Cada questão, além da resolução tem os esclarecimentos conceituais do tema abordado.

 

São tratadas as seguintes disciplinas:
CUSTOS (38 questões)
BALANÇO PATRIMONIAL (26 questões)
DFC (6 questões)
DRE (8 questões)
DVA (7 questões)
ESTOQUES (8 questões)
IMOBILIZADO (11 questões)
DIVERSOS (21 questões)
TEORIA (32 questões)
ANÁLISE (08 questões)

Prof. Mário Jorge 


Questão nr. 24  (Exame de março 2011)

Uma fábrica de camisetas produz e vende, mensalmente, 3.500 camisetas ao preço de R$5,00 cada. As despesas variáveis representam 20% do preço de venda e os custos variáveis são de R$1,20 por unidade. A fábrica tem capacidade para produzir 5.000 camisetas por mês, sem alterações no custo fixo atual de R$6.000,00. Uma pesquisa de mercado revelou que ao preço de R$4,00 a unidade, haveria demanda no mercado para 6.000 unidades por mês.
Caso a empresa adote a redução de preço para aproveitar o aumento de demanda, mantendo a estrutura atual de custos fixos e capacidade produtiva, o resultado final da empresa:

a) aumentará em R$2.200,00.
b) aumentará em R$200,00.
c) reduzirá em R$3.500,00.
d) reduzirá em R$800,00.


Resolução

Para resolver a questão devemos preparar dois demonstrativos de resultado, sendo um com a situação atual, e outro com a situação proposta.

Demonstrativo de Resultado com a situação atual:

Dados:
Venda mensal de 3.500 camisetas ao preço de 5,00 cada   =  17.500,00
Custo variável de 1,20 cada camiseta  =  4.200,00 (3.500  x  1,20)
Despesa Variável de 20% do preço  =  3.500,00   (20%  x  17.500,00)
Custo Fixo  =  6.000,00

Demonstrativo

Receita Bruta com Vendas
17.500,00
(-) Custo Variável
4.200,00
(-) Despesa Variável
3.500,00
(-) Custo Fixo
6.000,00


RESULTADO FINAL
3.800,00


Demonstrativo de Resultado com a situação proposta:

Antes de fazermos este demonstrativo, é preciso entender qual a quantidade de camisetas devem ser consideradas para a venda.
No enunciado é mencionado “Uma pesquisa de mercado revelou que ao preço de R$4,00 a unidade, haveria demanda no mercado para 6.000 unidades por mês”, mas isso não quer dizer que serão vendidas 6.000 unidades, este é o volume da demanda apenas, pois a quantidade a ser vendida está limitada a capacidade de produção, que no caso é de 5.000, ou seja, não podemos vender mais do que poderemos produzir. Desta forma o demonstrativo será feito levando-se em consideração uma venda de 5.000 camisetas

Dados:
Venda mensal de 5.000 camisetas ao preço de 4,00 cada   =  20.000,00
Custo variável de 1,20 cada camiseta  =  6.000,00 (5.000  x  1,20)
Despesa Variável de 20% do preço  =  4.000,00   (20%  x  20.000,00)
Custo Fixo  =  6.000,00

Receita Bruta com Vendas
20.000,00
(-) Custo Variável
6.000,00
(-) Despesa Variável
4.000,00
(-) Custo Fixo
6.000,00


RESULTADO FINAL
4.000,00


Na questão o que se quer saber é quanto variou o resultado da situação atual para a situação proposta, e para isso vamos comparar os dois resultados, a saber:


sit.atual
Sit. Prop.
variação
Receita Bruta com Vendas
17.500,00
20.000,00
2.500,00
(-) Custo Variável
4.200,00
6.000,00
1.800,00
(-) Despesa Variável
3.500,00
4.000,00
500,00
(-) Custo Fixo
6.000,00
6.000,00
0




RESULTADO FINAL
3.800,00
4.000,00
200,00


Conforme podemos ver, o Resultado líquido aumentou em 200,00

Resposta correta:
b) aumentará em R$200,00.


Comentários
0 Comentários