sábado, 3 de março de 2012

Vale a pena ser persistente?



Para responder esta pergunta utilizarei parte de um discurso de John Calvin Coolidge Jr presidente dos Estados Unidos da América entre 1923 e 1929. 'Nada no mundo consegue tomar o lugar da persistência. O talento não consegue; nada é mais comum que homens fracassados com talento. A genialidade não consegue; gênios não recompensados são quase um provérbio. A educação não consegue; o mundo é cheio de errantes educados. A persistência e determinação sozinhas são onipotentes'.

Dentre as dezenas de competências e talentos necessários para atingir o almejado sucesso pessoal, sem duvida a persistência está no topo da lista. Mas ela sozinha não faz nada, pelo contrario se transforma em teimosia ou insistência o outro lado da moeda.

Persistência somente ajuda se estiver ao lado de outras competências, como um coringa no baralho, ela dá força aos demais talentos.
A persistência é como o espinafre no desenho do marinheiro Popeye. Surgido nas tiras de E. C. Segar seu criador em 1929 sempre tentando proteger sua namorada, Olívia Palito, das garras de seu eterno inimigo, Brutus. Quando está em apuros Popeye come espinafre, fica muito mais forte e confiante, podendo vencer qualquer desafio.
A persistência é o combustível dos demais talentos, para a maratona da vida, sem ela todos os talentos acabam sendo subaproveitados. Sem persistência não vencemos.
Não se aprende sem persistir, não se edifica algo sólido sem persistir, não se supera obstáculos sem persistir, não se faz uma carreira vitoriosa sem persistir, não se transforma a sociedade sem persistir.Não se faz nada na vida sem persistir.
Se você não tivesse persistido em continuar tentando aprender a andar, estaria até hoje se arrastando pelo chão. Você deve ter caído e talvez até se machucado centenas de vezes, mas não desistiu.
Quando ingressou na escola e começou a decifrar aqueles símbolos estranhos e aos poucos aprendeu a ler e escrever. Relembre como sua letra era um garrancho e agora, a não ser que seja um medico, ela ficou legível e para alguns até bonita. Como sua leitura deixou de ser um soluço de palavras entre cortadas e se tornou uniforme.
Gostaria de lhe dar quatro dicas relativamente simples que irá ajudá-lo a transformar persistência em um hábito.
Tenha um objetivo bem definido. Coloque todas as suas forças nele. Acorde e durma pensando em como atingi-lo.
Se você não sabe para onde está indo então qualquer lugar serve, por isso é importante definir objetivos. Não importa o tamanho, divida-o em metas, estabeleça a estratégia e coloque prazos. Por exemplo, se o seu objetivo é ter um iate daqui á 20 anos, o que você fará daqui a 15 anos, 10, 5, 1 ano, daqui seis meses, dois meses, uma semana, o que você fará amanhã de manhã para que daqui a vinte anos você esteja com o seu iate ancorado nas docas.Não adianta sonhar e ficar esperando. Sonhar é à parte fácil, realizar é que dá trabalho.

Estabeleça metas curtas, seja mensal, semanal e às vezes até diária. Imagine um grande salame hamburguês, você não consegue come-lo colocando-o inteiro na boca, mas se fatia-lo, escolher uma bebida ao seu gosto, com certeza voce conseguirá consumir boa parte dele. Assim como os objetivos você tem que ir por partes, e mesurar sempre onde você está em relação ao seu objetivo final.
Defina o seu objetivo, o que você quer fazer. Depois pense em como vai fazer.
Elabore um plano de ação para começar agora.Dê o primeiro passo, e vá adequando-o com o tempo.Não espere as condições ideais para começar.
Agora que você já definiu o seu objetivo, está na hora de elaborar um plano de ação de como atingi-lo.
Ao contrario do que muitas pessoas pensam, não há necessidade de ter um plano completo nos mínimos detalhes, senão você corre o risco de passar mais tempo planejando do que realizando. Então do mesmo modo que dividiu seus objetivos em metas, divida seu plano em etapas. Faça um esboço do plano geral e se concentre em colocar em pratica pelo menos a primeira etapa.
Saia da inércia, o difícil é começar. Mesmo uma obra suntuosa começa com um simples tijolo, e com o tempo vai tomando forma. Mas não descuide, siga o seu plano.
Coloque prazos e tarefas a serem realizadas em cada etapa, e revise o plano periodicamente, assim você poderá visualizar seu avanço e adequar o ritmo e recursos necessários a ser aplicados.
O importante é começar.
Acredite. Não permita que ninguém lhe diga que é impossível.
Acreditar é essencial, é esta crença que possibilita que você atinja seus objetivos é de onde se retira a força para enfrentar todos os obstáculos e desafios.
Acreditar não só na realização de seus objetivos, mas principalmente em si mesmo.
Precisamos ter sonhos grandes e pequenos, os pequenos, são as felicidades mais rápidas, os grandes, dão-nos força para suportar o fracasso dos sonhos pequenos.
Enquanto acreditarmos, podemos sonhar! Quando deixarmos de acreditar os sonhos deixam de fazer sentido!
O sonho só acaba quando você desiste.
Seja tolerante com aqueles que não acreditam, mas não lhes dê ouvidos.
Não fique parado aguardando que outro faça algo. Ao contrário, busque desenvolver um forte senso de responsabilidade que o faça levantar mesmo em meio as mais turbulentas tempestades e confiantemente proclame: "Eu o farei. Somente observe-me". Enfrente com sabedoria, força e coragem a realidade face-a-face. Desafie as circunstâncias que estão a sua frente e realize seus sonhos e realize os seus sonhos.
Acredite. Seja persistente.
Conheça e reúna pessoas que possam te estimular, apoiar e ajudá-lo sempre que possível.
Una-se a pessoas que possam incentivá-lo e catapulta-lo em direção aos seus sonhos e objetivos.A vida está repleta de pessoas do contra que estão dispostas a arrumar desculpas pra tudo. Elas se intitulam realistas, mas na verdade são pessimistas especialistas em destruir sonhos.Afaste-se delas.
Como disse sabiamente Helen Keller "Nenhum pessimista jamais descobriu o segredo das estrelas, ou navegou até uma terra desconhecida, ou abriu uma nova porta para o espírito humano".
Ande com pessoas que incorporaram o espírito do vilão de desenho animado. Sabe qual é?
Conquistar o mundo.
Você já percebeu que todo o vilão de desenho animado tem como objetivo final o de conquistar o mundo, ele não se contenta com uma cidade, pais ou continente, tem que ser o mundo.
Quando invoco as pessoas a conquistarem o mundo, digo isso metaforicamente, o mundo que devemos conquistar é o nosso próprio mundo.
E para isso devemos nos cercar de pessoas ilimitadas.
Lembre-se que a vida é simples nós que a complicamos.
Mas há dias que tudo parece estar em câmera lenta, nada acontece, temos a impressão que não estamos evoluindo e às vezes até que regredimos, nestes momentos pare, relaxe contemple os acontecimentos ao seu redor seguindo o conselho do Jornalista e fotografo Dinamarquês Jacob Riis, "Quando nada parece dar certo, vou ver o cortador de pedras martelando sua rocha talvez 100 vezes, sem que uma única rachadura apareça. Mas na centésima primeira martelada a pedra se abre em duas, e eu sei que não foi àquela última que conseguiu isso, mas todas as que vieram antes". (Administradores.com.br por  Roberto Recinella)
Isso é persistência.

Copyright © 2011 | Powered by Blogger

Formatação e Design | JM DESIGN e Programadores Associados | Criação, Design e Formatação de WebSites | jm.designgrafico@gmail.com