segunda-feira, 5 de março de 2012

Especial tira dúvidas do Imposto de Renda

Imagem Ilustrativa

1) Tenho investimentos em ações. Posso declarar os livros, DVDs e notebook investidos para tal fim como abatimento. Como fazer? (Amauri).
Resposta: Não, por falta de previsão legal.

2) Esse é o primeiro ano que vou declarar imposto de renda, gostaria de saber como farei, pois comprei um carro em 2011, mas já vendi. O problema é que o financiamento do carro continua em meu nome, não transferi as prestações para a pessoa para quem vendi o carro. (Sueli Santos).


Resposta: Informe, detalhadamente, no campo Discriminação da ficha “Bens e Direitos”, a operação realizada (a compra e a venda do veículo). Não preencha o campo Situação em 31/12/2011.

3) Posso colocar minha mãe, que tem 72 anos de idade e é aposentada pelo INSS, como dependente? Se sim, devo declarar os rendimentos dela da aposentadoria junto? (Amauri).


Resposta: Sim, devendo-se observar que os rendimentos por ela recebidos são isentos de tributação, até R$ 20.163,55.

4) Apliquei em ações na bolsa de valores na época da crise financeira em 2008. Voltei a trabalhar com renda tributável somente agora no final de 2011. Minhas ações continuam na bolsa, no entanto ainda desvalorizadas em relação à compra de 2008. É possível abater esses prejuízos da bolsa de valores no IRPF2012? (Carlos Tapioca)


Resposta: Não, enquanto não houver nova operação com ganho em renda variável. Entretanto, os prejuízos apuradas em operações em renda variável anterior poderão ser compensados com ganhos subsequentes.

5) Como declarar a venda de um veículo? (Amauri)


Resposta: No campo Discriminação da ficha “Bens e Direitos”, onde constam os dados relativos ao veículo, informe o nome e o número de inscrição no CPF ou no CNPJ do adquirente, a data e o valor da alienação. No campo Situação em 31/12/2010, informe o valor constante na declaração do exercício de 2011, ano-calendário de 2010.

Não preencha o campo Situação em 31/12/2011. Observe-se que a alienação de bens ou direitos pode resultar em rendimento tributável. Se o valor da alienação for superior a R$ 35.000,00, consulte o Demonstrativo de Ganhos de Capital. (Do G1 - perguntas dos leitores com respostas do Consultor Antônio Teixeira Bacalhau, da IOB-Folhamatic).

Copyright © 2011 | Powered by Blogger

Formatação e Design | JM DESIGN e Programadores Associados | Criação, Design e Formatação de WebSites | jm.designgrafico@gmail.com