Exame de Suficiência Contabilidade - Teoria da Contabilidade: Exercício contextualizado

Share:


TEORIA DA CONTABILIDADE

QUESTÃO 35 (EXAME CFC/CRC 1/2011). Presume-se que a entidade não tem a intenção nem a necessidade de entrar em liquidação, nem reduzir aterialmente a escala das suas operações; se tal intenção ou necessidade existir, as demonstrações contábeis têm que ser preparadas numa base diferente e, nesse caso, tal base deverá ser divulgada.

A afirmação acima tem por base o Princípio da:

a) Continuidade. (Resposta certa).
b) Oportunidade.
c) Prudência.
d) Relevância.

Esta questão está relacionada com a RESOLUÇÃO CFC N.º 1.282/10 que atualizou e consolidou dispositivos da Resolução CFC n.º 750/93, que dispõe sobre os Princípios Fundamentais de Contabilidade.

Os “Princípios Fundamentais de Contabilidade (PFC)”, citados na Resolução CFC n.º 750/93, passaram a denominar-se “Princípios de Contabilidade (PC)”, devido a necessidade de prover fundamentação apropriada para interpretação e aplicação das Normas Brasileiras de Contabilidade,”.

Para responder as questões vamos aos conceitos da referida Resolução:

O Princípio da Continuidade pressupõe que a Entidade continuará em operação no futuro e, portanto, a mensuração e a apresentação dos componentes do patrimônio levam em conta esta circunstância.

O Princípio da Oportunidade refere-se ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais para produzir informações íntegras e tempestivas.

Parágrafo único. A falta de integridade e tempestividade na produção e na divulgação da informação contábil pode ocasionar a perda de sua relevância, por isso é necessário ponderar a relação entre a oportunidade e a confiabilidade da informação.

O Princípio da Prudência pressupõe o emprego de certo grau de precaução no exercício dos julgamentos necessários às estimativas em certas condições de incerteza, no sentido de que ativos e receitas não sejam superestimados e que passivos e despesas não sejam subestimados, atribuindo maior confiabilidade ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais.”

Já na letra d) Relevância é uma característica qualitativa da informação contábil e não um Princípio de Contabilidade.

Logo a resposta correta está relacionada com o Princípio da Continuidade.

Resoluções relacionada a esta questão, confira na íntegra:

PRINCÍPIOS DE CONTABILIDADE:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário