sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Malha fina por omissão de rendimentos



Mais da metade dos contribuintes que caíram na malha fina do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 (ano-base 2010) teve como motivo a omissão de rendimentos.

Estes casos acontecem quando, por exemplo, o contribuinte não informou  a renda de um aluguel que recebe mensalmente, mas a imobiliária declarou à Receita - porque ela é obrigada a entregar uma declaração específica ao órgão - que existe um imóvel ligado ao seu CPF e que está alugado para alguém.

No total, 569.671 pessoas caíram em malha fina neste ano, sendo que 56% foram pela omissão de rendimentos.

Outros motivos

A ausência de Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte – DIRF e divergências nesta mesma declaração, feita pelas empresas, levaram mais de 93 mil contribuintes à malha.

Os erros referentes à declaração de despesas médicas foram responsáveis por 14,14% dos casos.

Autorregularização

De acordo com o supervisor nacional do imposto de renda, Joaquim Adir, o número de declarações retidas na malha fina este ano caiu muito (em 2010 foram 700 mil documentos retidos). Segundo a Agência Brasil, o supervisor afirmou que os contribuintes, ao descobrirem que tinham enviado informações erradas ao Fisco, procuraram regularizar sua situação antes da convocação do órgão, por meio da ferramenta de autorregularização, disponível no site da receita.

Infomoney

Copyright © 2011 | Powered by Blogger

Formatação e Design | JM DESIGN e Programadores Associados | Criação, Design e Formatação de WebSites | jm.designgrafico@gmail.com