domingo, 11 de dezembro de 2011

Brasil: 18% dos jovens não trabalham nem estudam


A palavra "vago" em espanhol é usada para identificar uma pessoa que não trabalha nem estuda. No Brasil, o número de jovens que se encaixam neste perfil é de 18%, segundo revelou o Latinobarômetro, divulgado pela Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação. O País tem 48 milhões de jovens entre 15 e 29 anos.

O indicador brasileiro está bem próximo da média da América Latina, que é de 17%. Para ter uma ideia, em País como Honduras e República Dominicana, o indicador é de 33% e 34%, respectivamente. Já no Uruguai e na Bolívia, o percentual é de 12%. O estudo revelou ainda que na América Central, o número é de 27%.

Mulheres em casa


No total, mais mulheres do que homens não trabalham nem estudam: são 54%, contra 46%.
Por classe social, os jovens menos favorecidos são a maioria, chegando a 61%. Na classe média, o índice é de 31% e da classe média alta é de 6%.

Por que isso acontece?


Para compreender por que isso ocorre na América Latina e Central, o Portal InfoMoney conversou com o coordenador do curso de Economia do Ibmec-MG (Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais), Márcio Salvato. O professor explica que a desocupação dos jovens acontece, em geral, porque as legislações trabalhistas destes países são pouco flexíveis.“O custo demissional, em alguns países, incluindo o Brasil, é muito alto”.

Por isso, ele complementa, as empresas buscam contratar profissionais que sejam experientes. “Assim, é mais fácil que este casamento dê certo”. Além disso, os empregadores acreditam que o custo para treinar os profissionais é muito alto, pois não garante que o jovem permanecerá no trabalho.

De acordo com o especialista, para evitar que os jovens fiquem fora de mercado de trabalho, seria necessário que a legislação trabalhista destes países não fosse tão onerosa ao empregadores.

Por fim, o professor acrescenta que, apesar do indicador brasileiro ser bem próximo da média, ela já foi bem mais alto. A explicação é que a taxa de desemprego entre os jovens está diretamente ligada à taxa de desemprego geral. "Como atualmente a taxa de desemprego geral é baixa, a taxa dos jovens também é", finaliza.

Uol InfoPessoal

Copyright © 2011 | Powered by Blogger

Formatação e Design | JM DESIGN e Programadores Associados | Criação, Design e Formatação de WebSites | jm.designgrafico@gmail.com