segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Miolo concretiza fusão de suas empresas

 
O Grupo Miolo concluiu a operação de fusão iniciada em outubro de 2009, a partir da aquisição da Vinícola Almadén em conjunto com os grupos Randon e Lovara. A empresa anuncia a criação da holding Miolo Wines S/A, que será a controladora de todos os empreendimentos do grupo, reunindo participações das famílias Miolo, Randon e Benedetti/Tecchio. Segundo nota à imprensa, a fusão proporcionará uma maior penetração nos mercados internacionais. Atualmente,os produtos Miolo são exportados para mais de 30 países. Um dos objetivos é chegar em 2020 com 30% da produção destinada ao mercado internacional.

O grupo também se prepara para chegar em 2020 com faturamento anual de R$ 500 milhões, consolidando a posição de líder nacional na produção de vinhos finos e espumantes e visando estar entre os três maiores grupos de vinhos da América do Sul. Em oito anos, a empresa projeta elaborar e comercializar, por ano, 20 milhões de litros de vinhos finos e espumantes, um milhão de litros de brandy e possuir 2 mil hectares de vinhedos próprios.

O grupo, de capital fechado, integrará quatro empresas de produção em três regiões brasileiras: Vinícola Miolo (Vale dos Vinhedos-RS), Projeto Seival Estate e Vinícola Almadén (Campanha-RS) e Vinícola Ouro Verde (Vale do São Francisco-BA), além da comercializadora Miolo Wine Group.

Hoje, o grupo possui 1,2 mil hectares de vinhedos próprios, produção de 12 milhões de litros de vinhos finos e espumantes e 300 mil litros de brandy, além de um quadro de 650 funcionários diretos. O faturamento previsto para 2011 deve atingir R$ 120 milhões.

A família Miolo permanece com o controle acionário. As famílias dos grupos Randon e Lovara ingressaram como sócios. Raul Randon é o fundador das empresas Randon, grupo do setor de transporte para cargas terrestres, também atuante nos segmentos de autopeças e sistemas automotivos, além dos serviços de consórcio e banco.

A Lovara, de propriedade das famílias Benedetti/Tecchio, é parceira da Miolo de longa data, desde a aquisição da Vinícola Ouro Verde, no ano 2000. A relação com a família Randon também já é antiga, a partir da elaboração do vinho RAR, iniciada em conjunto com a Miolo em 2002.

Uol Economia

Copyright © 2011 | Powered by Blogger

Formatação e Design | JM DESIGN e Programadores Associados | Criação, Design e Formatação de WebSites | jm.designgrafico@gmail.com